Nomenclatura


NE: Matéria postada originalmente no Heavynroll em 16.03.2011 e Atualizada. Mas nada melhor do que trazer está pérola para o nosso CaxiasRockZne, não acham? Então confere aí e não deixe de mandar o da sua tamém;
-------------------------------------------------------------
Conforme prometido, fui atrás da informação sobre a origem dos nomes das bandas de Caxias do Sul e eis que apresento a vocês. Notarão que muitos estão faltando, tanto a banda quanto a explicação e pra isso conto com a ajuda do caro leitor para atualizar a matéria. Se você conhece alguma banda que não está na lista, ou sabe dizer como surgiu o nome, mande para caxiasrockzne@hotmail.com
------------------------------------------------------------------

ABOMINATTION – (Abominação) Nome modificado do original 'Abomination'.

AGENTE ED – Antes eles utilizavam o nome Ed Morte, mas para evitar possível problemas judiciais pois “Remete claramente à obra de Luiz Fernando Veríssimo intitulada “Ed Mort”, então, por precaução, resolvemos trocar o nome da Banda, evitando assim complicações futuras.” - ED BARBA.

AKASHIC
– Do hinduísmo Akasha, a base e essência de todas as coisas no mundo material, o menor elemento material criado a partir do mundo astral. É um dos “cinco grandes elementos", sua principal característica é Shabda (som).

ÁLGIDA
– (frio) ”Vem de álgido. Fomos pesquisando até achar algo que tivesse a ver com o sentimento que passamos nas músicas” - ANDERSON AGUZOLLI

ANAXES – “A história do nome "ANAXES" surgiu pelo fato de eu e o Bruno (Pinheiro Machado, guitarrista) sermos fanáticos por Star Wars. Anaxes é o nome do planeta com melhor defesa da confederação, um planeta impenetrável Além de ter um significado legal, soa muito bem também! Mas a grande história por trás desse nome foi que mentimos por uns 6 meses pro Thiago (Caurio, baterista) que "Anaxes" era o nome de um planeta recém descoberto por cientistas na galaxia Zbeta37 (que não existe, por sinal) e seria idêntico à Terra, portanto, moraríamos lá no futuro. Tudo isso por que o Thiago não gosta de Star Wars e certamente votaria contra, se soubesse o real significado no começo!Hoje, é tarde demais. Ele até riu quando ficou sabendo!”  - GUI ANTONIOLI

APOCALYPSE – (Apocalipse)

BABY SITTERS - "Sabe aquele momento em que você tem uma ideia muito, mas muito ruim? Bom, multiplique por mil e vai entender como chegamos no nome da banda...(Risos). Há dias estávamos pensando em um nome para a banda e nada...até que, em uma noite de bebedeira, começamos a relembrar algumas histórias de infância e descobrimos um padrão. Na época a formação era: Nykolas, Lucas, Alagoa e Dafne, mas a Dafne não estava presente. Bom, o padrão era que em algum momento da infância todos nós tínhamos tido alguma cuidadora enquanto nossos pais trabalhavam e pior,todos nós alimentávamos algum tipo de paixão (Tesão) por elas (Risos). Enfim, essa é a origem do nome."

BARRACUDA PROJECT – “Em agosto de 2008 fomos convidados à tocar em uma festa de aniversário no extinto Berlim Pub. Topamos com a condição de não tocar nenhuma música existente, ou seja, improvisar todo o show. Como a banda não tinha nome, a dona da festa, a Dani, batizou esta jam session de Barracuda Project. A princípio não gostei do nome, mas um dia, no intervalo entre algumas composições que estava fazendo para a banda, comecei a assistir um documentário sobre predadores perfeitos, e o número 1, mais agressivo, rápido era o Barracuda.E então batizamos oficialmente o Barracuda Project.” - PABLO LUCENA

BLINDSNAKE – (Cobra Cega) “Como é um tributo à Whitesnake, passamos por vários nomes usando nomes de músicas da banda e tal, mas tudo soava brega ou pomposos demais. Então eu falei brincando "blindsnake" que significa cobra cega, apenas para título de risadas, mas, pra variar, acabou ficando.” - RODRIGO CAMPAGNOLO

BURNING IN HELL – (Queimando no Inferno)

CAPA PRETA - "No dia 15/04/16 Foi decidido o nome da banda CAPA PRETA entre diversos nomes. Pois marcamos o nosso primeiro Show oficial foi marcado na Cachaçaria Sarau em Caxias do Sul por intermédio do amigo Professor Quirino, e este foi escolhido impulsivamente por não lembramos de outros nomes da lista. Uma lista com 33 nomes mais ou menos. “O Tchaina baixista da banda ainda tem essa lista bem guardada”. Mas Capa Preta é bem amplo, pode ser a Capa dos super heróis, o Cachorro pastor alemão, Pode ser a Capa do Mágico, pode ser o EXU ou até mesmo os álbuns de discos do rock Black Albun's Capas Pretas. E é Claro, eu ia esquecendo a mais importante de toda as capas pretas a Capa do Drácula ora bolas e por ai vai." - ALYSSON GAZZANA.

CUCASTORTAS – Segundo a banda “escolhemos escrever junto e em letras minúsculas. O que o nome quer é identificar a nossa produção musical, resultante de um pensamento livre (cucas), com uma reflexão inversa (tortas) ao que se refere à conduta do senso comum nesse mundo competitivo, consumista, artificial e estabelecido em aparências. Isso justifica, inclusive, nossas letras serem carregadas da ideologia libertaria que pretende incitar uma reflexão.”

DARKEST SEED
– (A Semente Mais Negra)

DARK SHADOWS – (Sombras Negras) Inicialmente chamada de Black Roses, depois Steel Devil e enfim Dark Shadows. Segundo a banda, “Dark Shadows é um nome forte, que provavelmente dê a idéia de um som muito mais pesado do que realmente é. Dá idéia de algo sinistro, sombrio e duvidoso.”

DEATHNOLOGIC - "É a fusão de duas palavras death = morte, technologic = tecnológica. Nome referente aos avanços da tecnologia para destruição em massa, descreve bem a ambição de muitas nações na busca de poder causadoras de guerra."  - RAFA SKARYED

ELECTRIC BLUES EXPLOSION – (Explosão do Blues Elétrico) “Surgiu de uma brincadeira quando eu estava formando a banda. Tocamos um blues mais agressivo e visceral, daí o "electric blues". Lembra raio, energia, saca? A brincadeira veio no "explosion" pois falei ele brincando para o Toyo(dono do Mississippi Delta Blues Bar) e ele achou legal e disse que eu tinha que usar o explosion de qualquer jeito, então acabou ficando, pois na divulgação do nosso primeio show, ele já colocou Electric Blues Explosion. Daí, não tinha mais volta.” - RODRIGO CAMPAGNOLO

EXIT11 – (Saída 11) “O nome surgiu de uma perseguição do numeral 11 com a minha pessoa - eu olho no relógio, são 14:11 ou 09:11 ou 11:11, ou 23:11... é sempre onze!!! Nóia minha, pode ser, mas vai além das horas as coincidências diárias. EXIT significa SAÍDA - seria como dizer assim "se você tentou uma saída 10 vezes, tente a décima primera, pode ser ela a escolhida...”- RODRIGO CAMPAGNOLO

FERMATHA – “Vem de Fermata, um símbolo usado em partituras musicais, tem o formato de uma meia-lua para baixo e um ponto no centro. Ele indica, quando colocado em cima da nota, que ela soará por tempo indeterminado; apenas pela sensibilidade do músico. Para nós também significava o infinito, a sobrevivência da alma. Nós colocamos um “h” pois havia uma empresa de nome Fermata e que atrapalharia em pesquisas pela internet. Ele nome foi usado pelo projeto 'The True' por um período de 3 anos.” - MARCO PAIM

FIGHTER – (Lutador) "Na época, já estávamos em estúdio e em meio a gravações e muitas composições novas. Sabíamos que precisávamos de um nome "URGENTE". Algo que realmente combinasse com a característica e ideologia da banda. Depois de alguns dias fazendo algumas listas e empilhando idéias, estava na casa de minha ex-namorada e em determinada ocasião disse a ela "brincando": Credo, não é fácil essas correrias de músico, de fato por muitas vezes tem que se lutar e matar um leão por dia! (muitos risos). Depois de alguns segundos, pedi um papel e uma caneta e anotei o nome lutador. Como é fato consumado que a palavra (lutador), não soa de forma impactante, resolvi adotar a idéia de Fighter e passar para o resto da banda. No começo achávamos que seria complicado ter o nome em inglês e trabalhar com composições em português. Mas depois, vimos que um nome, independente da língua tem que "dizer" e "ser" algo que a banda acredite de coração. Logo, o nome FIGHTER caiu como uma luva pois somos muito focados em nosso trabalho e sempre damos o máximo para que tudo saia da melhor forma." - CESAR BRANCO

FIRE SYMPHONY
– (Sinfonia de Fogo)

GREEK VAN PEIXE – “O som da banda é influenciada primeiramente pelas trilhas de games da era 16 bits, e o nome, por sua vez, foi inspirado em um personagem inimigo de Super Mario World, para Super Nintendo. Trata-se de um peixe, Rip Van Fish. Alteramos o primeiro nome para "Greek", pois queríamos remeter aos antigos filósofos gregos, como Heráclito e Parmênides. Traduzimos o último, pois queríamos que soasse estranho. E o "van" escrevemos em minúscula para que remeta a Ludwig van Beethoven, e por aí vai..” - BRENO DALLAS

GRINGOS E TROIANOS – Um trocadilho com a expressão popular “Gregos e Troianos”, mas como a banda é de Caxias, a terra dos gringos...

HAMMER 67 – (Martelo 67) É uma homenagem a uma das mais antigas bandas caxienses, o Aliança Rebelde, e é uma adaptação da música “Martelinho 67”.

HARD BREAKERS
- "O nome da banda surgiu de uma forma simples e direta, sem rodeios. em uma conversa sobre música, citando bandas, Aaron Alves sugeriu um novo nome para a extinta Jack Walker. Em referência à música "Heartbreak Station", do Cinderella, Aaron disse que gostou do nome, mas não inteiro, algo como Heart Breakers (os quebradores/destruidores de corações). Elvis Alves (bateria) lembrou o fato do nome já existir em outra banda, então eu sugeri Hard Breakers, assim mantendo a ideia original e ainda ressaltando as influências Hard Rock na banda. E assim ficou definido. Em uma tradução literal, se existisse, seria “os difíceis de quebrar”, ou “inquebráveis”, mas teria duplo sentido, devido à palavra Hard, que além de significar “difícil”, “duro”, é o nome do estilo Hard Rock. Então a definição se encaixa mais no fato da banda ser difícil de parar, de derrubar, do que a uma tradução literal do inglês. Portanto, dificilmente outro nome definiria melhor a banda." - ARTHUR APPEL

HARDROCKERS – “Obviamente, pois tocamos hard rock, e até o que não é had rock, tocamos com a pegada do hard rock, é uma característica da banda, de nossas influências. Estávamos encrencados tentando achar um nome que identificasse o tipo de som que tocamos, e numa janta da banda, a namorada do Graziano (tecladista) disse: "vocês tocam hard rock, coloquem o nome da banda de HardRock" - usamos assim por um tempo e depois mudamos para HardRockers - com "ers" no final, que significa algo como "os roqueiros".” - RODRIGO CAMPAGNOLO

HATE HANDLES
- (Manuseadores de Ódio) "Procurávamos um nome que pudesse impactar, que mostrasse algo além de agressividade, a ira e a cólera que o Thrash e Death Metal passa. Passamos por várias idéias até que encontrássemos Hate Handles, o sentido é de ''alguém que utilize/manipule o ódio como uma ferramenta'' "someone Who hate handles, the handlers of hate", como um disseminador. Manusear o Ódio. Preferimos utilizar o sentido e dizer que é ''alguém que utiliza o ódio como ferramenta''.

HECATOMBE – No sentido literal significa sacrifícios coletivos, grandes catástrofes com muitas vítimas ou até mesmo grandes chacinas. Para a banda há um sentido filosófico também, segundo Boll3t, baterista da banda “Em nossa concepção, o sistema é um caos, uma confusão, uma verdadeira Hecatombe e achamos que a mudança pode ser possível através de uma revolução mental na atitude das pessoas. Esta é a mensagem que queremos passar através de nossas letras e nossa imagem, por essa razão escolhemos esse nome.”

HON-RA - "Bem na verdade foi assim... Devido a falta de hombridade e palavra de homem de alguns antigos membros de trabalhos anteriores cujos quais nós já fizemos parte. Eu e o Jener queríamos algo que representasse o contrário deste contexto, em relação a falta de caráter e etc..... Então meio que sem querer aconteceu o seguinte: Eu tenho a mania de ler as palavras ao contrário..OK.... Gosto de ler elas de trás para frente. Então um dia eu estava na casa do Jener conversando sobre este assunto referente a um nome para a nossa banda, e foi quando eu vi em sua casa um antigo liquidificador da antiga marca ARNO: "Então eis o nome da banda": ARNO = HONRA, só precisamos acrescentar um H. Então foi assim que o nome da banda surgiu e que sem querer acabou combinando com as situações já vivenciadas por nós dois. Após isso o Jener rapidamente assimilou a palavra Hon, comparando-a com o som emitido pelos praticantes do YOGA, e o RA com o deus supremo do EGITO o Deus SOL, então ficou Hon-Ra..." - WAGNER MORAES

KOMBAT - (Uma variação de Combat (Combate)), "A ideia do nosso projeto para este álbum foi escrever sobre esforço, luta, guerra, seja ela de qualquer forma para a sobrevivência do ser humano ou de alguma espécie. Abordamos nas letras influências de artes marciais, biologia, guerras e história de povos e culturas." - LANDER SILVA

LACROSS
– "O nome originalmente surgiu como LA CROSS ( que traduzindo para o Espanhol seria a LA CRUZ ) ou A cruz ... ou seja, embora o nome tenha semelhança com o esporte LACROSSE.... Preferimos encarar o nome LACROSS como um nome forte e de fácil pronúncia e com o significado de luta, batalha, travessia, Uma Cruz mesmo.... pois todos nós temos uma, qual será a sua?" - RODRIGO MARENNA

MENTALBLAST - (explosão mental) "A princípio era Metalblast, mas é colocar este nome no Google e temos dezenas de bandas, inclusive uma gravadora. Então, depois de uma pesquisa metódica descobri que termo mentalblast (também chamado de psychic blast), tanto no mundo fictício (HQ e RPG) quanto no real (algumas pesquisas militares utilizando a força da mente), entre outras palavras, "consiste em um disparo de energia mental que causa dano físico ao oponente", e gostamos da ideia de explodir as mentes com nosso som (risos)." - MARCO PAIM

MOUAI
– Tirado das grandes e enigmáticas estatuais da ilha de Páscoa chamadas originalmente de “Moais”.

NANTRA - "O nome vem do dialeto italiano e sisgnifica "outra". É como os senhores mais de idade aqui nos bares da região pedem mais uma bebida, seja cerveja, vinho, enfim. o que eles estiverem bebendo." - JOÃO MOLON

NOISEKILLER - "Olha só.... O primeiro nome q eu queria era Vastratix mas o resto não gostou...um dia estávamos bolando o nome e lembrei minha mãe dizia q seriamos os Assassinos do Ritmo.... Ae pensei... "Por que não os Assassinos do Barulho?", pra tirar a ideia que Heavy M etal é barulho... pensando na musica "Painkiller" do Judas e na musica "Noise kills" da Panic, bolei "Noisekiller". Todos gostaram e assim surgiu. O 1° logo NK foi bolado pelo Jener Milani que chegou a ensaiar com a gente no começo. Soubemos depois que existe um equipamento técnico para supressão de ruídos com o mesmo nome, um abafador. essa pode ser a tradução para Noisekiller" - DANIEL BIU

PINDORALIA – “O nome da banda refere-se à expressão "Pindorama", nome pré-cabralino das terras que hoje conhecemos como Brasil, associado ao sufixo do movimento tropicalista. Pindorália, Pindorama e Tropicália, esta última, principal influência da banda em seus primeiros choros e cantos. Tinha bastante a ver, pois o nosso som em 2006 era mais recheado de influências tupiniquins do que gringas - embora esta mescla seja inevitável. Nos dias de hoje abandonamos parte desta influência, e passamos a escrever "Pindoralia" sem acento...”  - BRENO DALLAS

PREDATOR – (Predador) Tirado do filme "O Predador".

SLOW BRICKER - "Num certo dia, resolvemos mudar o nome da banda de Pedra Surpresa para outro nome, pois havia um duplo sentido em relação ao uso do crack. Estávamos gravando o CD e não queríamos mais manter um nome com duplo sentido, até porque essa não era a nossa intenção. Começamos a pensar em palavras que gostávamos e surgiu a palavra Bricker, incrementada por Lucas, que na verdade nem existe no inglês. Como um dos nossos gêneros do Rock prediletos é o Stoner Rock, adaptamos a palavra Brick (Tijolo) para Bricker. Mas faltava algo, pois sempre curtimos nomes compostos com mais de uma palavra e após uma conversa pós ensaio pra lá de descontraída, eu, Jonas, inseri a palavra Slow antes do Bricker. Os três gostaram muito da pronuncia das duas palavras juntas e acabaram adotando esse novo nome como oficial! A fórmula então é essa: Stone=Stoner, Brick=Bricker e Slow, uma palavra boa de pronunciar = Slow Bricker" -  JONAS BUSTICE

SOUTHERN - "Por morarmos na América do Sul, na região sul do país, no Rio Grande do Sul e em Caxias do Sul, não tem como ser mais Sulista do que isso (Risos). Juntando tudo isso com o "The Great Southern Trendkill" do Pantera (uma banda que com certeza teve muita influência na nossa formação), foi aí que fechou todas..." - MATEUS FELIPPE.

TEARS ÖF RAGE - "Procurávamos algo que fizesse sentido com a proposta de som da banda, que era fazer um trabalho melódico mas com um certo peso aliado. Então surgiram as duas palavras, "Tears" e "Rage". A ideia inicial seria "Tears And Rage", mas ouvindo Primal Fear, vimos que a pronúncia com o "OF" ficava melhor, então se tornou "Tears Öf Rage". Até o símbolo da banda foi baseado nesse conceito, cada dragão corresponde a um dos sentimentos" - LUAN MUSSOI

TERRIFY - (Aterrorizar) "Veio em comum acordo pelos integrantes da banda... enquanto pensavamos em varios nomes que poderiam servir. O significado dessa palavra pode ser definido como apavorar, amedrontar, aterrorizar... o que tem bastante a ver com as letras das musicas da banda, que falam de guerra, batalhas, etc... " - AURÉLIO CASSINA

THE BLUES BEERS – "Então... o nome da banda fui eu quem dei, e nem fazia parte dela ainda...é uma longa história: Com o surgimento do Mississippi, eu sugeri ao Cristian (Rigon) que começasse a tocar uns blues com o Léozão, eles curtiram a idéia, encontraram um baixista e começaram a ensaiar, a principal afinidade entre eles era o gosto por CERVEJA! na verdade o ensaio era só uma desculpa para eles beberem! hehehe Procurando um nome para banda, esse me pareceu o mais adequado, eles gostaram e assim ficou!" - CAMILA DENGO

THE SCEPTIC – (O Cético) “O Ceticismo científico-filosófico é uma forma livre de pensamento, diferente das religiões fundamentalistas e suas muitas contraditórias doutrinas e ramificações, onde busca através da ciência e racionalidade algumas explicações para acontecimentos. É conhecida como uma doutrina de "incredulidade", por basear-se em fatos considerados perante a ciência como reais e racionais, comprovando veracidade perante método e testes científicos, desde há muito tempo me interesso pelo assunto e, pode-se dizer que adotei isto como filosofia, quando sugeri o nome à banda e expliquei o significado do mesmo, todos gostaram na época e resolvemos adotar este nome.” - LANDER SILVA

THE TRUE MEANING OF LIFE – (O Verdadeiro Sentido da Vida), “Algo que teria a ver com o as letras, que são espiritualistas.” - MARCO PAIM

UNDERLOAD - (Subcarga) "O nome surgiu com a ideia de juntar palavras opostas e começamos com "loud" (alto). Pensando em palavras que pudessem ser contrárias a "alto" chegamos a "under" (baixo, inferior). Por questões de pronuncia, optamos por trocar de "loud" para "load" e assim surgiu = Underload. Na tradução literal, significa "subcarga" o que levamos como uma forma de afirmar que sempre podemos ir além e que ainda não atingimos o potencial máximo." 

VELHO HIPPIE
– "O nome veio de uma música de um antigo integrante da banda, o Fabio Menegat. Ele fez a música inspirado num velho hippie que dormia na praça de Caxias. Tocamos a música um tempo nos ensaios, mas nunca foi gravada oficialmente, então acabamos adotando o nome. O velho hippie acabou sendo levado à um hospital psiquiátrico uns anos depois faleceu." - VINÍCIUS LAZZARI

VENDETTAS - ""Vendettas" significa vingança em italiano, a banda surgiu em 2011, com o intuito de ter seu espaço nas radios também e na cena local....o nome faz jus a banda, todos temos alguma vingança. Na época, tava saturando já aqueles sertanejos, e todos aqueles artistas que a tv mostra! vendettas veio pra se vingar, e trazer de volta o bom rock para as radios."

VOLUX - "Volux em latin quer dizer Vo=ir Lux=Luz..juntamos as palavras para dar a definição de um dos elementos mais importantes no nosso 1º videoclipe." - GUSTAVO PREZZI

YNIS VITRIN – (Ilha de Vidro) Tirado da lenda do Rei Arthur e as Brumas de Avalon. Ynis Vitrin era também conhecido como a Ilha de Avalon. “Enquanto eu lia a quadrilogia “Brumas de Avalon” me ocorreu intitular a banda com o atual nome, já que a banda estava descontente com o nome de “Episode” que soava parecido com “Rhapsody”. Sempre fui fã incondicional da lenda do Rei Arthur e este nome me pareceu feito para nós”  - ANTONIO SOCOL (r.i.p.)