quinta-feira, 28 de julho de 2016

Concerto Playing Video Game‏


Álbuns de vencedores do Prêmio da Música da Serra Gaúcha estão disponíveis para download gratuito

 
Quer conhecer o trabalho dos vencedores da primeira edição do Prêmio da Música da Serra Gaúcha? Os álbuns dos artistas foram disponibilizados para download gratuito no site do evento: http://www.pmsgoficial.com.br/vencedores.

O anúncio dos premiados ocorreu na última quinta-feira, 21 de julho, no UCS Teatro, com a entrega de 13 troféus. Os idealizadores pretendem dar continuidade ao projeto com edições anuais. A previsão é de que o próximo evento seja realizado no dia 27 de julho de 2017.

VOLUX: Confira a banda no programa 360cxs


Sites Relacionados
WEBSITE
FACEBOOK

quarta-feira, 27 de julho de 2016

UNDERLOAD: Guitarrista participa de tour com Sydnei Carvalho e Cacau Santos‏


O guitarrista SASHA ZAVISTANOVICZ, da banda gaúcha UNDERLOAD, foi convidado para participar da Tour Masterclass, que conta com os músicos SYDNEI CARVALHO e CACAU SANTOS. Ao todo são quatro shows pelo estado do Rio Grande do Sul, realizando workshops musicais.
A tour teve início na última segunda-feira (25/07), no Severo Roth, em Cachoeirinha. Na terça (26/07), a tour passou em Montenegro. Nos dias 27 e 28 de julho, os músicos se apresentam em Caxias do Sul e Porto Alegre, respectivamente. Mais informações podem ser conferidas no flyer a seguir.



Sites Relacionados:
WEBSITE
FACEBOOK

Agência & Shows: www.beelyper.com



domingo, 24 de julho de 2016

DARK SHADOWS: Guitarrista disponibiliza álbum para audição

Lançado em 2011, o álbum "The Book of Death" foi produzido por ALEXEI LEÃO em Santa Catarina e conta com a bateria de MARCELO MOREIRA (Circle II Circle, Burning in Hell) e teclado de ÉDER BERGOZZA (ex-Akashic). Agora, o guitarrista TIAGO RECH disponibiliza o álbum para audição no Youtube, com capa alternativa. Confira abaixo. 


Na ocasião, eu fiz uma resenha deste álbum no Heavynroll. Confira no link:
http://heavynrollspace.blogspot.com.br/2011/07/resenha-dark-shadows-book-of-death.html

Feijoada do Bem no próximo sábado



Sites Relacionados 



sábado, 23 de julho de 2016

KEEP THEM BLIND: Depoimento emocionante de Thiago Caurio sobre o PMSG

Foto: Bruno Kriger

Com uma foto dos 2 troféus, "Melhor Instrumentista" e "Banda Revelação", o baterista THIAGO CAURIO fez um depoimento emocionante sobre o PMSG. Confira:
"Acho que nunca tinha ganhado prêmio nenhum...
Acabei ganhando 2 ontem!!! Melhor instrumentista e banda revelação da Serra Gaúcha!!! Estou muito feliz!!!
Principalmente pelas mensagens que tenho recebido dos amigos e familiares... Emocionante...
Sei que não sou o melhor instrumentista... Mas sempre que alguém me ver no palco ou em alguma gravação pode ter certeza que estarei fazendo o meu melhor!!!
A vida me deu o privilégio de estar cercado de amigos, músicos geniais, que se dedicam insanamente para tocar seus instrumentos... Por isso me ponho no meu lugar...
Quero dividir esse prêmio com todos instrumentistas da região que assim como eu, estudam a vida inteira... as vezes sem nem saber o motivo... mas continuam estudando... tem o famoso perfeccionismo... preciosismo... quando se trata de seu instrumento:
Cássio Vianna, Bruno Pinheiro Machado, Benhur Lima, André Luis Viegas, Gustavo Viegas, João Viegas, Gabriel Lopes, Lazaro Nascimento, Éder Bergozza, Sandro Stecanela, Rodrigo Lopes, Roberto Ceccato, Sasha Zavistanovicz, Cristian Rigon, Eduardo Corso Barboza, Rodrigo Zorzi, Fernando Zorzi, Lazaro Nascimento, Nino Henz, Juliano Boz, Marcel van der Zwam, Juliano Brito, ... São muitos... vou parar por aqui se não vou ficar até amanha... sintam-se todos homenageados.... Só não posso esquecer de um cara... Se tem alguém que me fez estudar e evoluir nessa vida, esse cara foi Paulo Schroeber!!!
Muito obrigado à toda minha família por sempre me apoiar!!!
Muito obrigado pelo reconhecimento, pelas postagens e mensagens que estão rolando por aqui....
Prometo continuar estudando para fazer jus ao prêmio... Valeu!!!"
Sites Relacionados
 
 
 

MINDGARDEN: Confira depoimento de Marcelo Moojen sobre o PMSG

Foto: Bruno Kriger

O vocalista e guitarrista da banda MINDGARDEN deu um depoimento no facebook sobre  os prêmios que a banda levou com o recente álbum "Cellophane". Confira:
"Ainda tô digerindo o dia de ontem.
Confesso que sempre fui meio avesso a premiações - no meu trabalho com música o maior prêmio sempre foi a música em si: compor, tocar com os amigos, gravar, produzir, fazer shows, tocar as pessoas de alguma forma. Ontem estar lado a lado de tantos músicos fodas e artistas que admiro muito (quem me dera um dia fazer a metade do que a lenda viva Adelar Bertussi fez junto com o irmão dele), me sentir parte desse todo já bastava pra mim.

Por isso foi uma honra enorme quando o Cellophane recebeu os prêmios de Melhor Álbum de Rock e de Álbum do Ano. Gratidão demais aos irmãos da Mindgarden: Luis, Mateus e Mairo! Muito obrigado a todos que realmente apostam e apoiam o nosso trabalho, a todos que trabalham com a gente: vocês são os grandes responsáveis por isso!

À todos que fazem música e produzem o eventos como o de ontem, a minha admiração. Vocês não cansam de semear e tenho certeza de que a colheita vai ser cada vez melhor a cada ano!"

Sites Relacionados
WEBSITE
FACEBOOK
YOUTUBE


 

sexta-feira, 22 de julho de 2016

PMSG: Prêmio da Música da Serra Gaúcha anuncia vencedores

Foto: Bruno Kriger
Os vencedores do Prêmio da Música da Serra Gaúcha foram anunciados na noite desta quinta-feira, 21 de julho, em evento no UCS Teatro, que reuniu as bandas indicadas e o público em geral.

A premiação foi embalada por apresentações musicais de um indicado de cada categoria contemplada, definido mediante sorteio prévio. Passaram pelo palco MARCOS DE ROS, GUTO AGOSTINI, ERREAP, Dr. HANK, RODRIGO MORALES e KEEP THEM BLIND. Os mestres de cerimônia foram a jornalista e apresentadora MARISOL SANTOS e o músico RAFAEL GUBERT.

Para RICARDO TONET DINI, diretor do Prêmio da Música da Serra Gaúcha, muitos foram os objetivos conquistados com a realização, como a integração regional entre bandas da Serra Gaúcha e entre gêneros e estilos. A projeção de público também foi alcançada, com diversificação. 
“Além de espectadores da área da música, como empresários e produtores culturais, havia diferentes gerações, com pais, filhos, netos, avós. Os netos foram beneficiados por conhecerem mais sobre a música regional, e os pais e avós por poderem apreciar estilos como rap e rock”, ilustra.
O diretor artístico LEANDRO DAROS afirma que todas as expectativas do projeto foram alcançadas, tanto em número de inscrições, quanto na qualidade dos trabalhos e na variedade de gêneros musicais: 
“O resultado comprova que a Serra Gaúcha comporta e merece um evento neste formato”, acredita. Para Daros, o Prêmio da Música da Serra Gaúcha agrega valor e concede visibilidade a álbuns e artistas, colaborando para a criação de uma cultura de consumo e circulação da música produzida na região. “Ainda é possibilitado o diálogo, ao reunir em uma mesma realização artistas de gêneros tão diversos, bem como uma sinergia que permite o estabelecimento de várias parcerias”, acrescenta.
Os idealizadores buscam dar continuidade ao projeto com edições anuais. A previsão é de que o próximo evento de premiação seja realizado no dia 27 de julho de 2017. Confira a seguir os álbuns ganhadores do Prêmio por categoria e saiba mais sobre os artistas premiados.

Vencedores nas categorias principais:

Álbum música regional: Das Vezes que Pensei Escrito (Fábio Soares)
Natural de Caxias do Sul, Fábio Soares tem mais de 17 anos de carreira, com uma música que exalta os valores regionais do Rio Grande do Sul, enquadrando temas de campo e de reflexão. Frequentador de CTG’s desde a infância, revive histórias de antepassados e conta as suas por meio da arte musical. Além de Fábio Soares na voz, viola de 10 cordas, violões corda de aço e contrabaixo, participaram da banda Uiliam Michelon (acordeon cromático), Vagner Oliveira (violões/cavaquinho), Rafael de Boni (contrabaixo), Edemur Pereira (percussões), Fábio Chagas (violoncelo) e Lucas Soares e Patrícia Vianna (vocais). O álbum foi produzido por Fábio Soares e Joel Vianna.

Álbum rock: Cellophane (Mindgarden)
A Mindgarden, de Caxias do Sul, foi formada em 2009, por meio da reunião de amigos. A banda sentiu a necessidade de inserir vozes ao trabalho, que era inicialmente instrumental, nas proximidades da gravação do primeiro EP, intitulado mindgarden, em 2012. Seguiu participando de festivais, fazendo shows e trabalhando em novas composições, com o lançamento do segundo álbum,Cellophane, em novembro de 2015, produzido por Carlos Balbinot. Formam a Mindgarden Marcelo Moojen (guitarra/voz), Luis Fernando Alles (guitarra/voz de apoio), Mairo Ramos (contrabaixo) e Mateus Mussatto (bateria).
Álbum pop: Voa (Dr. Hank)
A Dr. Hank foi criada em 2011, em Porto Alegre. Logo partiu para a Serra Gaúcha, em Canela, onde se firmou como um expoente da nova cena independente. Seu estilo mescla composições em inglês e português, passeia entre rap e reggae e mistura hardcore e indie pop com pitadas brasileiras de tecnobrega e samba. Seu primeiro álbum, intitulado Voa, foi lançado em 2013 e, em 2015, lançou um EP com três novas músicas, o HANKERHOUSELIVESESSIONS. Neste ano trabalha no lançamento de novos singles e tours. Formam a Dr. Hank Renan Queiroz (voz e violão), Rodrigo Zimmer (guitarra), Laerte Ortega (bateria), Ryan Muterle (baixo) e Manoel Andrade (teclados). O álbum Voa também contou com a participação de DJ Anderson, Erique Hanel (sax), Roger Coicev (trompete) e Sandro Silveira (vocal). A produção musical é de Lucas Dias e Manoel Guimarães Andrade.
Álbum rap: Eu Assino (JL)
Músico e rapper caxiense, JL tem quatro CDs lançados e diversos videoclipes produzidos, como Eu Vim Até Aqui, que estreou em 2013 na MTV. Já se apresentou em festivais de diversas cidades brasileiras e venceu o prêmio Lança de Ouro 2013 como melhor álbum de rap do Rio Grande do Sul. Eu Assino foi produzido por Cyber, Victor, Laudz, Onlyjay e Dario.





Álbum MPB: Muito Além da Paz (Dan Ferretti)
Dan Ferreti, de Caxias do Sul, que celebra 23 anos de carreira, envolveu-se cedo com a música e toca em todo o Rio Grande do Sul. Suingue, interpretação sincera e identidade musical são marcas do trabalho realizado. Seu primeiro CD de composições inéditas, Tempo e as Cores, foi lançado em 2008. Muito Além da Paz é sua segunda obra, lançada em 2014. O CD conta com a participação de Lazaro Nascimento (arranjos, violão, cavaquinho, guitarra e guitajon), Vaney Bertotto (bateria), Ismael Conceição (baixo), Leo Ferrarini (teclado), Malcoln Robert (teclado), Juliano Moreira (violão), Nino Henz (baixo acústico), Luizinho Corrêa (acordeom), Texo Cabral (flauta e harmônica), Jorginho do Trompete (trompete), Nyllo Canela e Marcelinho Silva (percussão) e Arismar do Espírito Santo (guitarra - participação especial). A produção musical é de Lazaro Nascimento.
Álbum instrumental: Magabarat (Magabarat)
Criada em 2008, a Magabarat, de Caxias do Sul, surgiu com a proposta de flertar com estilos como funk, soul, jazz, chamamé, salsa, baião, reggae, milonga e tango, que dão graça a um som progressivo, quase psicodélico, repleto de samples eletrônicos e etnicidade. Mantém a busca de novas referências a fim de criar um som instrumental autêntico e contemporâneo. Participou de diversos festivais da cena independente do Rio Grande do Sul, como o Manifestasol, o Festival Brasileiro de Música de Rua, a Mostra Música Daqui, o Grito Rock, Morrostock e Pira Rural. A formação da banda conta com Guilherme Santin (teclados, sintetizadores e programações), Guido Bracagioli (contrabaixo e flauta transversal) e Felipe Girotto (bateria e percussão). A produção musical do álbum foi de Luciano Balen.

Vencedores nas categorias complementares (Fotos: Bruno Kriger):

Álbum do ano: Cellophane (Mindgarden)

Cellophane é o segundo álbum da banda caxiense Mindgarden, lançado em 2015 e produzido por Carlos Balbinot. A banda formada em 2009 teve como primeiro lançamento o EP intituladomindgarden, em 2012. Formam a Mindgarden Marcelo Moojen (guitarra/voz), Luis Fernando Alles (guitarra/voz de apoio), Mairo Ramos (contrabaixo) e Mateus Mussatto (bateria).



Instrumentista: Thiago Caurio

Thiago Caurio é baterista da Keep Them Blind, formada em 2013 em Caxias do Sul. Ele também produziu o álbum All Quiet, All Dead, no qual a banda trabalhou entre 2013 e 2015, com uma sonoridade que transita por vários elementos da música. Além de Caurio, formam a Keep Them Blind Alex Bleggi Jr (vocal), Maicon Dorigatti (guitarras) e Benhur Lima (baixo e vocal).



Vocalista/intérprete: Beto Vianna

Beto Araújo Vianna é vocalista da caxiense Underload, banda que levanta a bandeira do rock dos anos 70. Entretanto, não produz uma música datada e rígida, mas sim com uma roupagem atual aliada ao clássico do gênero. Com essa proposta a banda lançou o álbum Underload, em 2014, produzido por Mauro Caldart. Além de Vianna, formam a banda Sasha Zavistanovicz (guitarras/violão), Joce Cristóvão (contrabaixo) e Maurício Gomes (bateria/percussão).
Produtor musical: Lazaro Nascimento, pelo álbum Meus Recuerdos, do Grupo Canteriando

O álbum Meus Recuerdos, do Grupo Canteriando, que conta com a produção de Lazaro Nascimento, é o novo trabalho autoral do grupo de Caxias do Sul, com canções próprias e uma musicalidade que prioriza os arranjos vocais. O Grupo Canteriando teve início em 2007, e em 2010 lançou o primeiro CD, intitulado Canteriando para Viver. A formação atual conta com André Encarnação (voz), Joni Boeira (voz e violão), Adolfo Kaiser Neto (voz e violão) e Adelar Palavro (voz e baixo). Foram músicos de apoio Lazaro Nascimento (violões), Luciano Vidor (acordeom), Natália Boeira (flauta transversal) e Marcelo Polezze da Silva (percussão).
Projeto gráfico: Juliano Bonamigo e Rafael de Assis, pelo álbum Flor Lilás (Velho Hippie)

O projeto gráfico do CD Flor Lilás, lançado em 2013 pela banda Velho Hippie, tem autoria de Juliano Bonamigo e Rafael de Assis. A banda nasceu em 2009, em Caxias do Sul, e evoca no repertório a nostalgia dos anos 1960 aliada às constantes transformações do mundo atual. Lançou o álbum Caminhando nas Nuvens em 2009, e para este ano prepara o terceiro trabalho. O CD Flor Lilásfoi produzido por Vinícius Lazzari e contou a formação composta por Vinícius Lazzari (guitarra, violão e vocais), Tiago Frank (baixo e vocais), Felipe Balen (piano, teclados e harmônica), Guilherme Rosset (percussão) e Eduardo Binda (bateria), uma banda de apoio formada por Roberto Scopel (trompete e flugelhorn), Luiz Carlos Zeni Júnior (saxofones e flauta transversal) e Paulo Ferreira (trombone), e as participações de Fábio Menegat (vocais em Velho Amigo) e Nicolas Finkler (bateria em Jaz(z)). A banda é atualmente formada por Alexandre Alles (teclado), Felipe Giroto (bateria), Guilherme Rosset (percussão), Tiago Frank (baixo e vocal) e Vinícius Lazzari (guitarra e vocal).
Artista/banda revelação de 2015: Keep Them Blind

Formada em 2013 em Caxias do Sul, a Keep Them Blind trabalhou entre 2013 e 2015 no álbum All Quiet, All Dead, produzido por Thiago Caurio, com uma sonoridade visceral e moderna que transita por vários elementos da música. Desenvolve fortes argumentos no contexto das letras, e procura aproximar-se do homem que busca a sua individualidade, mas é pressionado por um padrão comportamental da sociedade. A Keep Them Blind é formada por Alex Bleggi Jr (vocal), Maicon Dorigatti (guitarras), Thiago Caurio (bateria) e Benhur Lima (baixo e vocal).
Homenageado do ano: Irmãos Bertussi

Quem recebeu o destaque foi Adelar Bertussi, representando a dupla formada com o irmão Honeyde, falecido em 1996. O acordeonista fez um discurso que emocionou a plateia lembrando-se de sua família e trajetória, na qual enumerou os seis mil bailes em que tocou, seus mais de 68 anos de carreira e os 83 anos de vida, além de presentear o público cantando um trecho de um de seus sucessos. Intitulada Irmãos Bertussi em 1949, a dupla é pioneira da música tradicionalista gaúcha. Naturais de São Francisco de Paula, se evidenciavam pelo conhecimento musical e inovação. Os irmãos uniam teoria musical ao folclore e aos gêneros regionais com técnica apurada, tornando-se responsáveis por infundir uma escola musical de baile com sons alegres e apropriados para a dança. Juntos, os parceiros revolucionaram a música tradicionalista ao utilizar dois acordeons em lugar do par violão-acordeom. A dupla também foi responsável por incorporar a bateria na música gaúcha, o que proporcionou potência sonora a eventos cada vez maiores, driblando a ausência de equipamentos de som nos anos 50. Eles ainda gravaram temas eruditos no acordeom para o mercado nacional. A música dos Irmãos Bertussi marcou o Rio Grande do Sul e alcançou todo o Brasil, e ainda hoje é referência para artistas e embala gerações.
Le Daros, diretor artístico do Prêmio da Música da Serra Gaúcha, ressalta a importância da homenagem anual, que oportuniza que as novas gerações tenham mais contato com personalidades da música que exerceram papeis marcantes durante suas trajetórias artísticas.
Prêmio

O Prêmio da Música da Serra Gaúcha foi criado para reconhecer e destacar os trabalhos fonográficos produzidos por artistas da Serra Gaúcha entre 2013 e 2015, além de promover a integração regional. O projeto teve 49 trabalhos fonográficos inscritos, e 24 deles estavam entre os indicados para os troféus nas categorias principais.

O evento tem financiamento do Financiarte e consiste em uma iniciativa composta pelo jornalista e músico Ricardo Tonet Dini, diretor do projeto, e o produtor musical Leandro Daros, diretor artístico, com produção cultural de Caliandra Troian. A realização é de Musicaxias Produções. Saiba mais no site http://www.pmsgoficial.com.br/ e na fan page www.facebook.com/pmsgoficial.

quarta-feira, 13 de julho de 2016

HON-RA: Confira teaser do novo single

A banda HON-RA estará lançando seu próximo single dia 06/08/2016 durante o HMF 2ª Edição. E para dar uma palhinha do que está por vir, disponibilizou um teaser do som, que você confere agora:


Links Relacionados
WEBSITE
FACEBOOK 01
FACEBOOK 02

Prêmio da Música da Serra Gaúcha ocorre na próxima quinta, 21 de julho

O Prêmio da Música da Serra Gaúcha, que ocorre no dia 21 de julho, às 20h, no UCS Teatro, em Caxias do Sul, terá entrada gratuita para o público. Os ingressos são numerados e serão distribuídos na entrada do evento, por ordem de chegada, até que se completem os lugares disponíveis.

Além da entrega das premiações, o Prêmio da Música da Serra Gaúcha contará com diversas apresentações musicais. Os artistas concorrentes ao Prêmio estão distribuídos em seis categorias principais: álbum música regional (nativista/gaúcha/sertaneja), álbum rock (rock/blues/punk/metal), álbum pop (pop/reggae/soul/funk), álbum rap, álbum MPB (MPB/samba/pagode) e álbum instrumental. Ainda serão concedidos pela comissão julgadora títulos em sete subcategorias: álbum do ano, melhor instrumentista, melhor vocalista/intérprete, melhor produtor musical, melhor projeto gráfico, artista/banda revelação do ano de 2015 e homenageado (a) do ano. Os artistas homenageados na primeira edição da realização já estão definidos: os Irmãos Bertussi, pioneiros da música tradicionalista gaúcha.

Mestres de cerimônia

A apresentação do evento de premiação ficará a cargo da jornalista e apresentadora MARISOL SANTOS e do músico RAFAEL GUBERT.

Prêmio

O Prêmio da Música da Serra Gaúcha foi criado para reconhecer e destacar os trabalhos fonográficos produzidos por artistas da Serra Gaúcha entre 2013 e 2015, além de promover a integração regional. O projeto teve 49 trabalhos fonográficos inscritos, e 24 deles figuram entre os indicados para os troféus nas categorias principais (confira a lista completa http://www.pmsgoficial.com.br/noticia/Premio+da+Musica+da+Serra+Gaucha+revela+indicados/14).

O evento tem financiamento do Financiarte e consiste em uma iniciativa composta pelo jornalista e músico RICARDO TONET DINI, diretor do projeto, e o produtor musical LEANDRO DAROS, diretor artístico, com produção cultural de CALIANDRA TROIAN. A realização é de Musicaxias Produções. Saiba mais no site http://www.pmsgoficial.com.br/ e na fan page www.facebook.com/pmsgoficial.
 
 
 
 
 

Valley of the Shadows V acontece neste fim de semana


Link do evento:
https://www.facebook.com/events/511216142396133/




terça-feira, 12 de julho de 2016

REVERENDO ZUMBI: Lançamento do EP 'Desalambrar a Casa Grande: A Nova Escravidão'

 
Depois de mais de um ano e meio do último lançamento, o sexteto caxiense de Ska Punk, REVERENDO ZUMBI, lança agora seu primeiro EP.

'Desalambrar a Casa Grande: I A Nova Escravidão', traz quatro canções que refletem o cotidiano da maioria das pessoas, quer elas percebam ou não. O titulo do trabalho é uma homenagem a um dos maiores artistas da América Latina. O álbum “A Desalambrar”, 1969, do chileno VICTOR JARA, empresta o termo que significa: transgredir, ultrapassar, passar por cima, etc, e é utilizado pela banda para incentivar seu público a superar a mentalidade colonial que ainda sobrevive, mesmo em grandes cidades industrializadas, e gera a nova escravidão.

O EP foi gravado entre dezembro de 2015 e junho de 2016, no Space Studio, em Caxias do Sul, e a produção ficou por conta de PATRICK BORDIN, com a grande participação de FRANCISCO MAFFEI nas masterização.

Desalambrar pode ser encontrado na página da banda no
Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=qA5zRVuYgFI
Soundcloud: https://soundcloud.com/reverendo-zumbi
Spotify: Em breve
E no formato físico, pela internet ou com os próprios integrantes.

Sites Relacionados

MARENNA: Resenhas, fotos e vídeo do show de abertura para o Blaze Bayley em Porto Alegre‏


Na noite de 26 de julho, o Obra Club em Porto Alegre (RS) teve a honra de receber o ex-Iron Maiden BLAZE BAYLEY durante a sua mais nova turnê pelo país, contando com a revelação do Hard Rock/AOR brasileiro Marenna como uma das atrações de abertura.
“A atual turnê de Blaze Bayley é referente ao seu último lançamento, ‘Infinite Entanglement’, lançado este ano. Ele estava na pista com o público antes de entrar em ação, enquanto os seus companheiros iniciavam a preparação pro show. A formação contou novamente com os brasileiros da Tailgunners, sendo eles: Lely Biscasse e Raphael Gazal nas guitarras, Lennon Biscasse no baixo e Gustavo Franceschet na bateria (…) O público apesar de pequeno, foi magnífico. Blaze foi 100% com sua voz, atuação e carisma. A banda escolhida para lhe acompanhar não poderia ter sido melhor. Quem investiu seu tempo e dinheiro com o show teve o retorno. Em diversos momentos o frontman disse que ama o Brasil e os seus admiradores, deixando claro que deve retornar para futuras turnês”, diz o jornalista Guilherme Dias em sua resenha no portal Whiplash!. A crítica na íntegra pode ser conferida acessando aqui (http://whiplash.net/materias/shows/245844-blazebayley.html)
Já o site Insanity Records declarou: 
“Rodrigo Marenna, vocalista da banda Lacross, lançou em 2015 seu primeiro trabalho solo, o EP My Unconditional Faith, lançado no Brasil, Japão, Europa e EUA. O show fez parte da divulgação deste trabalho, Marenna acompanhado de sua excelente banda subiu ao palco depois das 20h e logo se fez notar a qualidade ímpar do grupo. Além de músicas presentes no trabalho citado (You Need To Believe, Life Goes On e Keep On Dreaming), a banda executou faixas que farão parte do próximo lançamento (Never Surrender e No Regrets) e versões para “Anytime Anywhere” do Gotthard e “Blood Pollution“, famosa canção da banda fictícia Steel Dragon do filme Rock Star.  
Um fato curioso aconteceu logo no início do show, uma das cordas do baixo arrebentou e o baixista ARTHUR APPERL finalizou a apresentação com o instrumento de RAFAEL YADEK, baixista da banda GUEPPARDO, que se apresentaria em seguida. “Assim é o Rock, uma banda segurando a mão da outra e todas crescendo juntas, a gente agradece o apoio!”, foram as palavras de Rodrigo Marenna para agradecer a ajuda de Rafael, com humildade e mostrando o pensamento que todos que estão envolvidos no cenário rocker deveriam ter. A banda se despediu do público com a certeza que cumpriu o seu papel”.

A resenha na íntegra do Insanity Records pode ser lida acessando aqui. Mais fotos do espetáculo também podem ser conferidas acessando neste endereço.

O vocalista RODRIGO MARENNA também emitiu um depoimento, comentando a respeito de sua apresentação no mesmo palco de Blaze Bayley: 
“Foi incrível poder estar perto de um Ex-Iron Maiden, ainda mais 20 anos depois, vi ele com o Iron em São Paulo em agosto de 1996 e sempre curti o trabalho dele. Então, poder abrir o show do cara e no mesmo palco, levando nossa mensagem a novas pessoas é sempre emocionante, noite inesquecível! Obrigado a todos que fizeram parte disto, vida longa ao Rock, vida longa ao Blaze Bayley!”.
Sites Realcionados:

THE SCEPTIC: Confira a nova formação da banda na Europa

A banda THE SCEPTIC está na Inglaterra há alguns meses, divulgando seu trabalho e com uma nova formação. No lugar de MARCELO NUNEZ, que não pode acompanhar LANDER SILVA  e CIPRIANO MAFFEI  nesta aventura, por motivos familiares, quem assume o baixo agora é DANIEL DALL AGNESE. Confira a foto, batida no Cemitério Abney Park em Londres



Sites Relacionados
FACEBOOK
SOUNDCLOUD

 

quinta-feira, 7 de julho de 2016

RAFA SCHULER: Confira entrevista para blog português

O guitarrista  RAFA SCHÜLER concedeu uma entrevista ao blog de Portugal, Ouvido Alternativo, confira a no link abaixo:
"Entrevista ao músico e fantástico guitarrista brasileiro Rafa Schüler. Conversa descontraída, onde descobrimos um pouco mais sobre os aspectos musicais da sua vida. Entre as suas maiores influências encontramos nomes como Jimi Hendrix e George Benson, o último disco que o deixou rendido foi editado em 1991, The Best Band You Never Heard in Your Life, de Frank Zappa. Contudo há muito mais para descobrir nesta nova edição de “Conversas d’Ouvido”…"

http://ouvidoalternativo.blogspot.com.br/2016/06/conversas-douvido-com-rafa-schuler.html


Sites Relacionados
WEBSITE
FACEBOOK

ZAVA: Lança novo single, "Estrada Circular"

"Estrada Circular" foi composta, pré-produzida, gravada, mixada e masterizada pela própria banda, no Muzgo Records, com uma placa de som de 10 canais, muito amor e empenho. Tá uma sonzeira, confira:


Dica útil: pra baixar os sons da ZAVA no Bandcamp basta clicar em "Buy Now", digitar zero (0) ("Name Your Price - $ 0") e informar o teu endereço de e-mail.

Sites Relacionados

terça-feira, 5 de julho de 2016

INHERITOURS: Banda volta as atividades com agenda marcada


Sites Relacionados






Nota sobre os trabalhos com a revista digital


Tudo bem pessoal?

Em Maio eu disponibilizei o primeiro volume da primeira revista digital de Caxias do Sul, o CaxiasRockZne #1 e esperei pelo resultado. Bem, como tudo que começa, o resultado não foi o esperado, mas satisfatório. Porém, como todos devem imaginar, fazer um projeto como esse, sozinho, demanda muito muito tempo e trabalho, além da boa vontade de terceiros envolvidos (entrevistas).Lendo a primeira edição hoje, vejo quem há alguns erros de digitação entre outros, talvez até, pela ânsia de disponibilizar rapidamente e também, novamente, pelo motivo de estar fazendo tudo sozinho. 

Mesmo não tendo lá um número tão elevado de visualizações, conclui que devo continuar, ao menos tentar por mais alguns números de edições, não vai ser na primeira que temos de desistir, não é? 

Por isso tudo, decidi fazer a revista em formato Trimestral. Desta forma,tenho tempo para organizar as coisas e cuidar dos detalhes, além disso, dou tempo para a Cidade produzir material e os artistas me darem retorno.

Sendo assim, a próxima edição está sendo trabalhada para Agosto, se tudo der certo. 

Abraço a todos!
Pra quem não leu a primeira edição, ou quiser dar sugestões, aqui vai o link:
http://caxiasrockzne.blogspot.com.br/p/revista-digital.html


Bandas de Caixas do Sul em enquete do Whiplash


O site Whiplash está fazendo uma enquete por estado brasileiro e Caxias do Sul está na lista com várias bandas e projetos do RS. Entre no link abaixo e escolha a sua favorita:

http://whiplash.net/materias/pesquisas/244745.html




sexta-feira, 1 de julho de 2016

BLOOD TEARS: Confira resenha de "Three Wishes"

Postei no site Heavynroll a resenha do álbum "Three Wishes" (2016) da banda BLOOD TEARS, a mesma que havia saído na Revista Digital. Confira clicando na imagem abaixo:

 photo ROCKPEDIA.jpg

Links Relacionados
WEBSITE
FACEBOOK

MOEDA RARA: Confira o videoclipe de estreia


Sites Relacionados
FACEBOOK